Playing for change – União através da música

playing-for-changeUm violão na mão, o chapéu no chão e uma voz anônima a cantar músicas diversas. Seja na praça, em uma rodoviária, no meio de feiras ou em qualquer parte do mundo. Agora acrescentem outros instrumentos como flauta, saxofone, bateria, surdo, pandeiro, cavaquinho entre tantos outros tocados nos mais diversos cantos do planeta. Essa foi a ideia de Mark Johnson e sua equipe ao criarem o Playing for change (Tocando pela música).

A princípio a idéia pode soar um tanto estranha e inviável, mas Mark e sua equipe viajaram o mundo com um estúdio de gravação móvel, unindo diferentes músicos, de diferentes partes do mundo com o intuito de uni-los através da música. Segundo Mark, “Em um mundo com tanta divisão, a música é uma das poucas coisas que pode nos unir”.
O projeto começou em 2005 em Santa Monica, a música inicial foi “Stand by me” de Ben E. King. Roger Ridley (EUA), Grandpa Elliott (EUA), Clarence Bekker (Holanda) e outros 37 músicos unem-se pela música e compõem uma nova versão para esse clássico que pode ser visto e ouvido no site do projeto ou mesmo no canal do Playing for Change no YouTube, cujo vídeo já teve mais de 9 milhões de visualizações.

Outras músicas como “Love Rescue me”, escrita pelo U2 e Bob Dylan e cantada pelo coro de jovens da comunidade de Omagh na Irlanda, “One Love”, de Bob Marley, “A Change is gonna come”, de Sam Cooke, “Talking ‘bout a Revolution”, de Tracy Chapman e “Biko”, de Peter Gabriel, também fazem parte do projeto.

As canções foram interpretadas por diferentes músicos do Brasil, Índia, Congo, África do Sul, França, Canadá, Israel, Espanha, Argentina entre outros. Passando por nomes internacionalmente famosos como Bono (Irlanda) e Manu Chao (Espanha), assim como tantos outros anônimos para nós como Rajshesh Vaidhya (Índia), Pierre Minetti (Espanha), Roberto Lutti (Itália), Tula (Israel), Rock Wawuni (Gana).

O projeto não parou desde 2005, nem mesmo com a conclusão do CD e DVD. A banda já fez cinco shows nos EUA com alguns dos integrantes do projeto e vão unir outros em novos shows que serão realizados na Inglaterra. Além disso, foi criada uma fundação do Playing for Change na África do Sul, na cidade de Gugulethu, com o mesmo espírito do projeto de unir as crianças com diversas partes do mundo através da música. E os planos são ambiciosos, com a meta de abrir novas escolas no Nepal, Mali e Ghana.

Playing for change é um projeto musical que se tornou um movimento que ultrapassa fronteiras, derruba barreiras e une culturas através da música pela paz: essa é a grande mensagem deste projeto musical, que pode ser representada claramente pela música de Bob Marley, presente no projeto, “War / No mo more problem”, em que a letra diz “We don’t need no more trouble / what we need is Love”, que significa “Nós não precisamos de mais problemas/ o que precisamos é de amor”.

Para conhecer as músicas, vídeos e mais informações, http://www.playingforchange.com.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s