Scott Pilgrim Contra o Mundo Vol.3, de Bryan Lee O’Malley

Scott Pilgrim chega as últimas fases da sua luta contra a Liga de Ex-Namorados Malvados de Ramona. E após enfrentar os temíveis gêmeos, em uma luta física e psicológica, chega ao grande líder e criador da liga dos Ex-namorados, Gideon Graves. Será que Scott será capaz de derrotar seu último grande inimigo e ter paz com Ramona?

E assim resume-se a história de Scott Pilgrim, que obviamente não pretendo contar o final aqui. Em seu terceiro e último volume lançado no Brasil pela Companhia das Letras, Scott chega aos 24 anos, mas não perde seu jeito quase vagabundo de ser. Não trabalha, vive na casa dos outros, tem uma banda apenas por diversão e alimenta seu vicio por video-games.

Ainda que o enredo seja simples, a história é cativante. Risos aparecem soltos durante a leitura, e a identificação do enfrentamento de Scott com seu mundo particular é comum em qualquer leitor.

A abordagem de temas teoricamente perigosos é encarada de forma tranquila e natural durante a narrativa. Vícios como álcool, cigarro estão presentes nos personagens sem cortes e até mesmo o tema da homossexualidade é abordado como um fato do cotidiano, sem vulgaridade ou exposição desnecessária ao assunto.

Além desses fatos abordados de forma sutil e natural, os traços e linguagem de Bryan Lee O’Malley trazem mais ingredientes a obra. Os traços são simples e lembram muito o famoso mangá, com a sequência de cenas muito bem traçadas e que leva o leitor a se prender em cada página.

Os traços são complementados pela linguagem, esta sim rouba de assalto o leitor mais desconfiado. A ironia é marca obrigatória, seja nas falas dos amigos de Scott ou mesmo nos pequenos quadros que identificam personagens ou cenas. Como no xaveco furado que Scott joga para cima de Envy Adams e que é sutilmente finalizado: “Vamos poupar você da vergonha de assistir o resto deste espetáculo medonho (vire a página)”.

No final do livro o escritor e quadrinista canadense Bryan Lee O’Malley conta sobre o processo de criação. Fala sobre como gosta de construir todo o roteiro parecido com o do cinema, e só depois passa para os esboços, layout, lápis, nanquim e a arte-final. Sempre com a presença de algumas ilustrações para exemplificar seus comentários.

Scott Pilgrim Contra o Mundo é sem dúvida uma obra que tem a marca da surpresa. Somos levados a ler por curiosidade de uma história quase infantil, e somos surpreendidos por um jogo em forma de quadrinhos criado pelo canadense Bryan Lee O’Malley. Simples e cativante, a obra do escritor e quadrinista canadense conquista pelas lutas, pelos personagens curiosos e por uma linguagem irônica e deliciosa.

Scott Pilgrim Contra o Mundo, Volume 3
Escritor: Bryan Lee O’Malley
Tradução: Érico Assis
Editora: Companhia das Letras
432 páginas
Preço Sugerido: R$ 35,00

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s