Evangelho proibido

Pergunto-te: Por que nós cristãos preferimos pronunciar aquilo que nos é proibido fazer ao invés de dizer que somos livres, afinal “todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convêm”? A imagem que o mundo tem dos cristãos é de um povo recluso e proibido de fazer muitas coisas ao invés de que somos um povo livre e que escolhe não fazer aquilo que desagrada a Deus e que nos escraviza e nos prejudica. Quando eu pouco conhecia da palavra de Deus, minha visão era de que os cristãos autênticos eram escravizados e mesmo agora ainda acredito que todos que estão fora enxergam desta forma. Mas por que preferimos enfatizar as proibições à liberdade? Eu imagino que seja porque é difícil explicar a liberdade cristã e mais fácil impor o que não podemos fazer: não podemos beber bebida alcoólica em público, ouvir música secular, ver filmes violentos, alguns canais de televisão, telenovelas, sentar em uma mesa de bar e muitas outras coisas. Proibimos porque é mais fácil impor regras do que viver a prática do amor cristão. Proibimos por que temos medo do mundo e pouca fé no poder de Deus. Proibimos porque é mais fácil vender uma cartilha do que fazer para ser abençoado do que discutir e aprender os desafios de viver o evangelho. Proibimos para não precisar responder questionamentos complicados e para não nos humilharmos ao admitir que não temos todas as respostas. Proibimos até mesmo a liberdade de expressão dentro do meio cristão, perseguindo os que ousam pensar diferente.  Mas quando foi que as proibições ganharam espaço no grito revolucionário e renovador da mensagem de Cristo? Por que tanto proibimos? Talvez por que é mais fácil vender o evangelho do medo do que viver a liberdade do evangelho do amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s